terça-feira, 16 de março de 2010


"Zangiku monogatari", Kenji Mizoguchi, 1939

...essa inexorável doçura.

6 comentários:

José Oliveira disse...

* Jean Domarchi

bruno andrade disse...

Melhor filme de todos os tempos.

José Oliveira disse...

tu dizes, está dito!

Vlademir disse...

Final mais emocionante do mundo.

Sérgio Alpendre disse...

só pode comentário de uma linha? Vou burlar...
A cena do confronto com o pai é uma das coisas mais impressionantes que já vi, mesmo para os elevados padrões de Mizoguchi.

天氣落差 disse...

很喜歡你的部落格風格,期待你的更新!........................................