quarta-feira, 11 de março de 2009



Philippe Garrel

4 comentários:

Passenger disse...

Este é o úlitmo do Garrel? Parece porreiro. Os filmes dele são tão difíceis de encontrar! Já merece umas edições em DVD.

José Oliveira disse...

sim, este é o último. saiu em dvd, experimenta.

Sabrina. disse...

É belíssimo. Garrel tem uma sensibilidade única.

Sabrina Marques. disse...

E a tragédia é o ditirambo dionísiaco, onde caem todos os véus.
Garrel é um cineasta nu.
Garrel é o Amor puro.