sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

3 comentários:

Ricardo Martins disse...

Adoro este filme do mestre Rohmer - sexy e veraneante.

José Oliveira disse...

concordo plenamente. mais, prefiro certos filmes do Rohmer, como este ou mais uma dúzia deles, do que qualquer porno, para o efeito é muito mais proveitoso...

Felipe Medeiros de Morais disse...

Sim, é como pegarmos uma beleza delicada com a de Liv Tyler e colocá-la numa mesma cena que Rocco Siffredi, não dá pé.

É, também, como imaginar Zumpa devorando um frango com as mãos ao lado do Félix Guattari e do Gilles Deleuze em seu primeiro encontro.